#doesangue #doevida


Olá Amoras, há alguns dias, conversando com uma amiga médica descobri que pessoas MORREM por falta de sangue.  Fiquei chocada!
Nessas horas não temos quem culpar, não podemos culpar os médicos, nem o governo, geralmente gostamos de colocar a culpa nas instituições, mas dessa vez a culpa é NOSSA! 
Eu tenho 35 anos e nunca havia doado sangue, me senti envergonhada. Uma ação tão simples, que pode ajudar tantas vidas. 

Depois dessa conversa decidi fazer uma campanha de DOAÇÃO DE SANGUE. Na última quarta-feira estive no Hemocentro de Jataí doando sangue e incentivando meus seguidores a doarem sangue também. 

@eliestilosa, @dragracianavilela e Rodolfo - Apoiando a minha campanha.


@klaradaniele obrigada pelo apoio.


Obrigada a todos que estiveram conosco, pessoas que doam vida!!


No Brasil, apenas 1,8% da população doa sangue anualmente, segundo dados da Fundação Pró-Sangue, o maior hemocentro da América Latina, ligado à Secretaria de Estado da Saúde e ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Quem pode doar 

✔️No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue.
✔️ É preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde. 
✔️O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. 
✔️ Não fumar 2 horas antes e após a doação. 
✔️ Tatuados só após intervalo de 6 meses. 
✔️ Não ter realizado endoscopia digestiva alta ou colonoscopia nos últimos 6 meses. 
✔️ Se usar medicações, levar os nomes. 
✔️ Se tiver tomado vacina da febre amarela ou tríplice viral, aguardar 4 semanas. 
✔️Se tiver tomado vacina influenza ou hepatite B aguardar 48 horas. 
✔️Estar com parceria sexual fixa há no mínimo 4 meses. 
✔️No dia da doação, é preciso levar documento de identidade com foto.
*Requisitos retirados da Portaria MS/GM N158, de 04/02/2016.

Passo a passo da doação

1. Quem pretende ser um voluntário deve se dirigir a um hemocentro, munido de documento de identificação e ciente de todos os requisitos e os impedimentos , temporários e definitivos, para a realização do processo. No local de doação, é preenchido um cadastro pessoal.
 

2. São realizadas triagens clínicas e hematológicas para checar a pressão arterial, os batimentos cardíacos, o peso, a temperatura corporal e até mesmo a quantidade de hemácias no volume total de sangue, determinando ou não a anemia. Para isso, basta um furinho no dedo e uma gota do líquido. Em caso positivo, o indivíduo não estará apto a doar.

Em uma entrevista, analisam-se antecedentes patológicos e fatores de risco que impedem o procedimento. Há casos de doenças não detectadas pelos exames de sorologia ou que estejam ainda em janelas imunológicas, ou seja, no intervalo de tempo entre a infecção pelo vírus e a produção de anticorpos que confirmam a patologia.

A Eli (@eliestilosa), mesmo amamentando a Mia, pode doar sangue, pois ela amamenta há mais de 6 meses, mas na hora da entrevista ela foi desclassificada pois fez uma tatuagem há 4 meses, então precisará esperar 2 meses e voltar.

Portanto, é muito importante ser sincero em todas as respostas, evitando incidentes nas etapas de doação e transfusão sanguíneas. Em casos de constrangimento no momento das perguntas, o voto de autoexclusão pode solucionar o problema. Após um telefonema confidencial, a bolsa de sangue será desprezada, mesmo que os resultados dos exames realizados sejam negativos.

Foram coletados 410 ml de sangue e minha coleta demorou aproximadamente 13 minutos.


3.
 O passo seguinte é a coleta de sangue e de amostras para tipagem e sorologias. Essa etapa compreende a própria doação e os testes para doenças infecciosas que possam causar riscos ao receptor.

Após a doação

Depois de colhido, o sangue é fracionado em hemocomponentes e estocado até que os resultados sorológicos para liberação ou desprezo das bolsas sejam confirmados. Se o líquido doado for aprovado em todos os testes anteriores, seu envio e sua transfusão estão autorizados. Durante a coleta, existem procedimentos de identificação das bolsas, componentes e amostras com códigos de barra que acompanharão o sangue até seu destino final.

Consequências para o doador

O sangue é um tecido renovável e tudo o que foi perdido durante a doação é reposto em até no máximo oito semanas para homens e 12 semanas para mulheres. Por isso, esses são os intervalos mínimos para um novo procedimento.


Obrigada Dra Graciana (@dragracianavilela), por abrir meus olhos e me incentivar a ser uma pessoa melhor. Estamos juntas, pode contar comigo sempre.

Obrigada a todos que compartilharam minha campanha nas redes sociais. 

Obrigada a todos do Hemocentro de Jataí, por esse trabalho maravilho e por nos receber tão bem, que Deus continue abençoando o trabalho de vocês.

Pessoal DOEM SANGUE E AJUDEM A SALVAR VIDAS.

Hemocentro de Jataí – Hospital das Clínicas Dr. Serafim de Carvalho
Rua Joaquim Caetano, esquina com Rua Caçú, S/N – Bairro Divino Espirito Santo. Telefone: (64) 3632-8778

 


Fotos: Max Dean
 
 Max Dean  maxdeanfotografias  Resultado de imagem para símbolo do whatsapp (64) 99995-5486 

Beijinhos Amoras 
Me sigam nas redes sociais:

 It’s New

*fonte: https://saude.abril.com.br
Gostei
Gostei Amei Haha Uau Triste Bravo
2