SAINDO DOS RÓTULOS DA COMPARAÇÃO


"Estar em Unidade começa com estar em Unidade internamente e em Unidade com tudo o que existe.
Somos todos UM, mas cada pessoa é única em sua própria maneira. O problema começa quando você quer provar algo a alguém. E quase sempre queremos provar algo para nossos pais.
Você anseia por amor, atenção, quer elogios e, portanto, quer se tornar o melhor ou excelente em qualquer coisa que faça.
Como você define o melhor ou o excelente?
E sua mente que sempre quer tornar-se algo, mas quando você faz tudo com plena consciência, seu coração fica satisfeito e você vê que pode fazer muito melhor do que costumava fazer.
O melhor, o bom, o mau, o feio, o sagrado e o profano. Tudo isso acontece quando você começa a comparar as coisas, eles são apenas rótulos da mente.
Quando você se prende a esses rótulos, a dualidade se desenvolve dentro de você. Ou seja, quando você sente a necessidade de se tornar exclusivo ou especial.

Exclusivo – significa – excluir outros.
Nesse processo, você quer provar que o outro é inferior a você.
Isso cria mais fortemente o sentido do “fazedor” em você, e então o eu se torna egoísta em vez de expandir.
Mesmo quando você ora ou envia algum tipo de intervenção sensorial, alguns sentem que são suas orações ou somente suas intervenções sensoriais que funcionaram, e não conseguem enxergar que é a Graça Divina que trabalha e que você é apenas um instrumento do Divino espalhando a Graça.
Não vamos desistir das intervenções sensoriais para encontrarmos a nossa Divindade. Alguns sentem-se orgulhosos em receber mais e maiores milagres, comparam com milagres alheios, e tentam mostrar qual milagre é maior.
Muitos se sentem seguros e orgulhosos por serem bons devotos, pois presumem que conhecem todos os ensinamentos ou porque apareceram em bons livros de alguém.
Mesmo assim, excluem-se dos outros e acreditam que são especiais ou o escolhido.
Não há inclusão nestas coisas, apenas o senso de separação na forma de exclusividade.
Não há Unidade onde há exclusividade. Unidade acontece onde há inclusão.
A Vida, o despertar e a Presença não acontecerão em você enquanto houver separação do outro, ou pelo sentir-se mais especial que o outro.
Descubra a Unidade dentro de você e em tudo.
Todos são igualmente queridos por nós e nós amamos a todos igualmente.”

Eliana Portilho
Terapêuta Holística
(64) 98418-0476
Gostei
Gostei Amei Haha Uau Triste Bravo
1